Maquiagem: Rímel Maybelline Pumped Up Colossal

Maybelline

O rímel Pumped Up Colossal da Maybelline não é exatamente a maior novidade do momento, porque ele saiu nos Estados Unidos em abril, mas como ainda não chegou aqui, e é o último rímel que a marca lançou, acho que ainda vale a pena comentar sobre ele, porque muita gente ainda nem ouviu falar do produto.

Maybelline_pumped_F

A maioria das brasileiras é apaixonada pelos rimeis da marca. O meu rímel preferido da Maybelline é o One By One, e pelo que eu vi esse parece um pouco com o estilo do One, mas com a escova diferente. Segundo a marca, esse novo rímel promete dar 16x mais volume (o que ok, a gente sabe que não é bem verdade). Eu ainda não testei, mas o que todas as meninas que testaram comentaram é que a escovinha dele é bem grande, o que eu geralmente gosto porque dá um volume bem maior.

Maybelline_pumped_v2_F

 

Eu assisti a vários vídeos de resenhas e também vi vários blogs antes de fazer o post pra ver o que a maioria das meninas que testou achou, e pelos comentários, parece ser realmente bom. Apenas duas falaram que não gostaram porque empelotou.

Foto lonestarstuffbeauty.com

Eu adorei a escovinha dele! Ele tem duas bolinhas na haste para controlar a quantidade de produto que chega até as cerdas. (Foto do lonestarstuffbeauty).

Nos Estados Unidos ele custa em torno de U$ 7,00, U$ 8,00, e aqui no Brasil o rímel ainda não chegou, e nem tem previsão de vinda pra cá. Mas eu achei pra comprar nessa loja online por R$17. Nunca comprei nesse site, mas enfim, só pra vocês saberem que tem aonde comprar aqui.

Eu sempre acho que a melhor maneira de ver o que o produto faz é por vídeo, então assisti vários e separei os que eu achei que mostram melhor o que o rímel faz. Uma pena que não tinha nenhum em português, mas enfim.

Nesse aqui os cílios dela ficaram ENOORMES! Dá vontade de comprar na hora o rímel.

Eu fiquei bem curiosa pra testar, porque eu sou a louca do rímel. Tenho vários e nunca estou satisfeita. Não sei se esse é revolucionáário, se realmente deixa os cílios enormes do jeito que eu gosto, mas acho que é um que vale a pena tentar.

Anúncios

Resenha: Baby Lips da Maybelline

Finalmente chegou ao Brasil o hidratante labial (lip balm) da Maybelline, o Baby Lips. Dizem que é o mais vendido nos Estados Unidos, e como lá tem muita opção, isso deixa a gente meio ansiosa pra testar o produto, né? O balm promete lábios reparados em uma semana, e 81% mais macios, 76% mais hidratados e 73% mais protegidos.

Baby Lips 1

O Baby Lips contém: Centelha Asiática, que favorece a produção de colágeno, reparando os lábios, Vitamina E, antioxidante que age na nutrição dos lábios, Manteiga de Karité e Extrato de Aloe Vera. Eles chegaram aqui em seis versões, três coloridos e três incolores (o que eu comprei é o Hydra Care, que é incolor). Os coloridos são o Cherry Me, Pink Punch e Peach Kiss. Apesar de o Cherry Me parecer ser um rosa forte na embalagem, quando você passa fica bem clarinho. E eu não sei, mas não gosto muito de balm colorido. Parece que os incolores funcionam melhor pra mim.

Baby Lips 2

Eu gostei muuito do Hydra Care. Dá realmente pra ver a diferença nos meus lábios, que são bem ressecados inclusive no verão, então agora que chegou o frio vocês imaginam como fica a situação. Eu geralmente usava o Med Protection da Nivea, aquele branquinho de bastão, e quando meus lábios estão bem secos eu uso o Carmex. Agora meio que deixei o da Nivea de lado e passo o da Maybelline e o Carmex.

Baby Lips 3

Fazendo uma comparação entre o da Nivia e o Baby Lips, o da Nivea quase não aparece na boca. Enquanto o Baby deixa a boca meio brilhosa. Pra mim não incomoda, mas é sempre legal falar porque tem gente que não gosta. Já o cheirinho do Hydra Care é de limão e manjericão (eu sei que lendo parece que é uma coisa ruim, mas não é nada forte e é bem agradável).

Baby Lips 4

O preço sugerido dele é de R$11,90. Aqui em Curitiba eu comprei o meu no Angeloni do Água Verde. Não lembro quanto eu paguei, porque faz umas semanas já, mas acho que era esse preço mesmo. Também encontrei pra vender na Panvel.

Assim gente, não é um produto incrivelmente maravilhoso, ele é bom, mas não faz milagre igual o Carmex. Eu gostei bastante e vou comprar de novo, porque preciso ter sempre um balm na boca senão eu fico arrancando aquelas “pelinhas” dos lábios, sabem? Então pra mim foi ótimo e recomendo pra quem gosta de hidratante labial.

Resenha: BB Cream da Maybelline

bb cream claro

Fazia um tempão que eu queria fazer essa resenha pra vocês, mas eu estava sem tempo para tirar as fotos. Finalmente esse domingo consegui! Eu ganhei esse BB Cream da Maybelline da minha irmã faz um mês e realmente estou gostando do produto. O que eu uso é o mais claro, o Light. (No Brasil chama claro mesmo).

Tá, mas e aí Angélica, o que é esse BB Cream? Ele é um creme, tipo uma base bem levinha que tem várias funções, dependendo da marca. Esse da Maybelline tem FPS 30 (pra mim é ótimo porque sou bem branca e NUNCA lembro de passar protetor), tira a oleosidade da pele, se adapta ao tom da pele (claro que não adiantar comprar um bem mais escuro ou bem mais claro que o seu tom), hidrata, disfarça as imperfeições, suaviza a pele e ilumina. Eu realmente senti minha pele bem mais hidratada depois de uma semana de uso, mais ou menos.

bb cream 46747bb cream 874

O Light Medium da minha irmã e o Light. Aqui no Brasil só tem três opções, o claro, o médio e o escuro. Nos Estados Unidos são 5 opções de cores.

bb cream 2

Gente, quero deixar bem claro que esse produto não é pra ser uma base. Ele não tem toda aquela cobertura! É mais para o dia-a-dia, pra dar um aspecto mais legal pra pele sem todo aquele peso da base.

bbcreammm

A consistência dele é aquosa e ele é bem levinho.

compracao bb cream 3

As diferenças são bem pequenas, principalmente por fotos, mas dá pra ver que a pele está com um aspecto melhor, mais iluminada e uniforme. Os poros do nariz aparecem bem menos.

com bb cream e pó

Às vezes eu uso ele com pó por cima, e tenho usado antes de qualquer maquiagem, eu sinto que ele prepara bem mais a pele e segura o pó e a base por mais tempo. Os poros do nariz que apareciam bastante com a pele limpa ficaram invisíveis nessa foto com o BB Cream e o pó.

Como foi o primeiro que eu testei não sei se ele é o melhor, ouvi dizer que o da L’Oreal cobre bem mais, mas a minha intenção ao usar o BB Cream é realmente não parecer que tem maquiagem e que minha pele é bonitinha ‘sem nada’. Minha irmã pagou uns 7 dólares e pouco, só que aqui no Brasil custa uns R$29/30. Apesar de não ser um absurdo eu não sei se vale. Quando o meu acabar talvez eu acabe comprando um da Avon se for mais barato.

Aqui em Curitiba tem Maybelline em quase todas as farmácias, como a Nissei e a DrogaRaia, mas quem quiser, várias lojas on-line também estão vendendo, assim como o e-bay, que eu acho bem melhor e mesmo com o shipping deve sair mais barato.